decorational arrow Estilo de vida | 6 min. leitura

O dia-a-dia da Diabetes

Uma peça chave para a boa gestão da diabetes é a consciência de si próprio e do ambiente que o rodeia. Ao prestar atenção à forma como o seu corpo reage em diferentes situações e através de um planeamento adequado, pode continuar a ter uma vida ativa em qualquer ambiente ou situação.

Gerir a diabetes no local de trabalho

Muitas pessoas conseguem gerir a diabetes sem qualquer interferência com o seu trabalho. No entanto, quando se trabalha o dia inteiro, pode ser mais difícil fazer uma alimentação saudável, tomar a medicação ou manter a sua glicose estável. Aqui estão algumas coisas que pode fazer para se sentir no seu melhor no local de trabalho.

  • Comece bem o dia: Nunca salte o pequeno-almoço. Não tomar o pequeno-almoço pode levar a uma hipoglicemia (baixo nível de açúcar no sangue), especialmente se estiver a tomar insulina ou a tomar medicação para aumentar os seus níveis de insulina. A hipoglicemia pode afetar a sua saúde, desempenho e segurança no trabalho.
  • Planeie as suas refeições: Leve o seu próprio almoço e prepare refeições leves e saudáveis – saberá exatamente o que está a comer e poderá planear em conformidade. Se utilizar uma cantina ou restaurante, conheça as opções saudáveis.
  • Testar e injetar: Certifique-se de que tem acesso a um local higiénico onde pode testar e injetar em conforto e segurança.
  • Canetas e medicação: Mantenha sempre uma caneta sobressalente no trabalho. Se precisar de armazenar a sua medicação num frigorífico, rotule-a claramente, de modo a que não seja utilizada ou eliminada por acidente. Utilize a medicação antes do prazo de validade e leia a rotulagem e o folheto informativo para saber como a guardar enquanto está a ser utilizada.
  • Conheça os seus direitos: A Federação Internacional da Diabetes (IDF) desenvolveu uma Carta de Direitos para pessoas com diabetes que abrange o tratamento justo, progressão na carreira e apoio no local de trabalho. Muitos países adotaram cartas semelhantes.
  • Informar os recrutadores e empregadores: Normalmente não existem requisitos legais de informar os recrutadores sobre a sua diabetes. No entanto, um novo empregador pode fazer perguntas relacionadas com a saúde para garantir que consegue desempenhar as funções necessárias.
  • Dizer aos seus colegas: Cabe-lhe a si decidir se diz ou não aos seus colegas. Se decidir fazê-lo, pode considerar dar-lhes uma explicação simples sobre a diabetes e orientá-los caso tenha uma hipoglicemia, para que se sintam confiantes em ajudá-lo, se necessário.

Gerir a diabetes enquanto viaja

Planeamento
  • Medicação: Leve medicação e equipamento adicional e guarde-os na bagagem de mão e na mala, para o caso de perda, avaria ou atraso
  • Snacks: Prepare lanches ricos em amido e líquidos e transporte-os sempre consigo, para o caso de ocorrer um episódio de hipoglicemia ou falhas inesperadas entre refeições
  • Documentação: Tenha consigo uma identificação de que tem diabetes (como um cartão ou pulseira), uma carta do seu médico que indique que tem diabetes, uma receita de substituição e os seus documentos de saúde
  • Segurança: Verifique antecipadamente os requisitos de segurança do aeroporto relacionados com os dispositivos de injeção e medicação
Durante a viagem
  • Mantenha-se em movimento: Ficar parado durante períodos prolongados pode aumentar os seus níveis de açúcar no sangue. Levante-se e caminhe pelo avião ou pela cabine do navio e faça paragens frequentes se viajar de carro
  • Atenção às hipoglicemias: Quando conduzir, verifique regularmente o seu nível de açúcar no sangue e pare ao primeiro sinal de hipoglicemia. Tenha sempre algo doce à mão, caso seja preciso
  • Informe a tripulação: Comunique à tripulação que tem diabetes caso surja qualquer problema
  • Alterações no fuso horário: Esteja preparado para ajustar as refeições e a medicação, dependendo da duração da viagem
No seu destino
  • Tempo quente: As temperaturas elevadas degradam a insulina, mas também aumentam a velocidade a que é absorvida, criando um risco de hipoglicemia. Monitorize atentamente os seus níveis de açúcar no sangue e esteja pronto para ajustar a sua dieta ou dose da medicação
  • Tempo frio: A insulina é absorvida mais lentamente em temperaturas frias, mas o aquecimento rápido pode resultar numa hipoglicemia. Monitorize atentamente os seus níveis de açúcar no sangue e esteja pronto para ajustar a sua dieta ou dose da medicação
  • Armazenamento de medicamentos: As temperaturas extremas podem afetar a forma como os medicamentos e os glucómetros funcionam.
  • Proteja as mãos e os pés: Cuide das suas mãos e dos seus pés se tiver neuropatia (doença nervosa) – a dormência pode impedi-lo de se aperceber que estão queimados pelo sol ou pelo gelo

Viver com a sua injeção diária de insulina

Ter uma rotina de injeção diária implica que se organize de forma a ser capaz de monitorizar os seus níveis de açucar no sangue e de tomar a sua medicação quando necessário. Saiba o que pode ou deve fazer quando injeta insulina em diferentes situações.

Se estiver doente

Pode não lhe apetecer verificar os seus níveis de açúcar no sangue ou administrar a medicação para a diabetes quando estiver doente ou não estiver bem. No entanto, é muito importante que continue a fazê-lo para manter a diabetes sob controlo.

Os seus níveis de açúcar no sangue podem aumentar quando está doente, por isso continue a verificar e a ajustar a dose de insulina, se necessário. Se tiver náuseas ou vómitos, pode não estar a ingerir hidratos de carbono suficientes (açúcar). Quando não come e toma insulina, corre o risco de ter um nível baixo de açúcar no sangue. Experimente tomar bebidas açucaradas, comer alimentos "fáceis", sopa e gelado ou, em alternativa, chupar rebuçados ou cubos açúcar.

Se estiver a praticar desporto

Quando praticar exercício físico é geralmente boa ideia levar consigo a sua caneta de insulina, um telemóvel e um pequeno lanche açucarado, para que esteja preparado em caso de emergência. Certifique-se de que tem sempre algo que o identifica e informa os outros de que está a tomar insulina.

Além disso, certifique-se de que não está a expor a insulina da sua caneta a temperaturas extremas (>25°C, <4°C), como por exemplo, deixando-a ao sol ou junto a um gerador de frio.

Antes de iniciar qualquer atividade física, fale com o seu profissional de saúde e peça aconselhamento. Provavelmente, irão fazer-lhe um check-up geral e informá-lo sobre como ajustar a sua alimentação e medicamentos, incluindo a insulina, para controlar adequadamente o seu açúcar no sangue.

Para saber mais sobre como gerir a diabetes quando faz exercício físico, leia a nossa secção sobre ser ativo

Se estiver grávida

Não há problema em continuar a injetar na barriga desde que ainda consiga beliscar a pele ou esteja a utilizar uma agulha muito curta. Se estiver preocupada, utilize outras áreas, como as coxas, a zona superior dos braços (apenas se aconselhado) ou as nádegas.

Artigos relacionados

Como lidar com o stress quando se tem diabetes
decorational arrow Comportamento | 3 min. leitura

Como lidar com o stress quando se tem diabetes

Aqui, apresentamos 5 dicas para o acompanhar de forma segura durante os momentos de stress e ansiedade – para o ajudar a sentir-se mais tranquilo, confiante e feliz no seu dia a dia com diabetes.